sábado, 11 de outubro de 2014

Bolo de laranja

Esta receita foi-me dada por uma senhora amiga de longa data que conheço desde pequenita e já não a via  há mais de 40 anos, muitos benguelenses se devem lembrar dela a Dª Júlia dona da Casa dos tapetes de Benguela, junto ao Cine- Benguela. È um bolo maravilhoso, aliás como tudo que ela faz, Foi uma alegria revê-la assim como às filhas. Um dia  muito feliz para recordar por muito tempo.
Eis a receita:
 Bolo:
-5 ovos
- 250 gramas de manteiga
- 250 gramas de açúcar
- 250 gramas de farinha
1 colher de sobremesa de fermento royal
Sumo e raspa de uma laranja
( claras em castelo)
        Bate-se a manteiga com o açúcar, a seguir as gemas uma a uma o sumo e a raspa da laranja, bate-se bem e desliga-se a batedeira. Vai-se alternando depois a farinha com as claras em castelo envolvendo com a colher de pau ou com as próprias mãos . O fermento só se adiciona no fim.
Xarope:
         Sumo e raspa de uma laranja , mesma quantidade de água mais 5  colheres de açúcar e leva-se ao lume a engrossar.
          Deixa-se arrefecer o bolo depois de desenformado e só se rega com a calda quando esta estiver morninha.
          Fica excelente!!!!!!!!

Marmelada branca

Ofereceram-me marmelos e como sempre não consegui resistir, embora não a fizesse toda guardei alguns marmelos  na arca, para depois na Primavera fazer de novo. Nessa altura faço da vermelha.  Os   marmelos foram descascados e tirados os caroços , cozidos e passados no passe-vite.
Eram 3kg de polme, deitei 2,250kg de açúcar  mexi bem e deixei ferver. Foi a 1ª vez que fiz assim, por norma fazia como a minha mãe com o açúcar em ponto, mas assim não nos cansamos tanto e fica linda na mesma e seca  bem depressa.

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Bacalhau à Sousa

Esta  receita é da autoria do meu marido, quando  não posso fazer eu o almoço ele recorre a esta receita, que faz em meia hora.
Por norma tenho sempre em casa bacalhau demolhado,  feijão de várias qualidades e grão de bico cozido e por isso é ultra rápido
1º -Acende o grelhador a carvão
2º - Descasca e poe a cozer batata com a casca, sal e uma folha de louro   e um ovo ou dois.
3º-  Depois do bacalhau demolhado e já descongelado seca-o bem com um pano e passa-o por farinha
seca .
4º Entretanto pica cebola, alho e salsa miudinha
5º Poe o bacalhau a assar na brasa.
.6º Descasca as batatas que entretanto cozeram e coloca-as também na grelha a tostar.
/º Numa panela com água a ferver põe o grão  a aquecer e pronto, depois desfaz o bacalhau já assado, para uma terrina, junta-lhe o grão, os ovos as rodelas a batata também assada. Decora com a salsa, cebola, alho e azeitonas. Rega com azeite e pronto. Tenho chef em casa, pois fica muito saboroso.

Antepasto de beringela

  •  Retirei esta receita da net , mas já há tanto tempo que a tenho guardadada para fazer , que esqueci-me  donde a tirei , as minhas desculpas por não mencionar o autor.
  • 3 berinjelas grandes cortadas em tirinhas
  • 1 pimentão verde cortado em tirinhas
  • 1 pimentão amarelo cortado em tirinhas
  • 1 pimentão vermelho cortado em tirinhas
  • 2 cebolas grandes cortada em tirinhas
  • 250 ml de azeite
  • 1 xícara de vinagre de vinho tinto
  • Orégano a gosto
  • 1 vidro pequeno de azeitonas sem caroço
  • Sal a gosto
    1. Corte as berinjelas, os pimentões e as cebolas e arrume em camadas a berinjela, o pimentão e por cima a cebola, em placa de alumínio
    2. Coloque por cima o azeite, o vinagre, o sal, o orégano cubra com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido bem quente (mais ou menos 150º graus) por 15 minutos
    3. Tire do forno, acrescente as azeitonas fatiadas dê uma ligeira misturada e leve novamente ao forno (continua com o papel alumínio) até que a berinjela seque e fique escura (mais ou menos 1 hora e meia)
    4. Tire do forno, espere esfriar e leve à geladeira
    5. Se puder esperar que fique marinando 2 ou 3 dias na geladeira, fica bem mais gostoso
    6. Sirva com pão italiano, com carnes
     

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Desidratador solar

Uma amiga ensinou-me a fazer um desidratador solar, no próximo ano é que vou fazer para secar os meus frutos e legumes tais como o tomate,beringela,pimentos .....
 desidratador solar, super fácil e ecológico
Com uma caixa de esferovite (caixa de sardinha), forrar com papel  de alumínio, fazer quatro janelas e  tapa-las com rede mosqueira ou tule(circulação de ar sem bicharocos), e cobrir com vidro... Aproveita-se  o sol e é super rápido desidratar qualquer coisa...
Este ano fiz aproveitando uma grade de plástico, cobri com um saco em rede. Depois coloquei a fruta e tapei com um pano

ultra fino.Com os pessegos até deu resultado, mas com o tomate não.....


quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Tomate concentrado

Este ano tenho tido imenso tomate e vou aproveitando para conservar para quando já não houver.
Foi bem rápido pois nunca tinha feito assim.
Como era muito tomate , todo ele coração de boi, foi fácil tirar a pele e coloquei na panela de pressão com um pouco de sal e dois pacotinhos de açúcar ( 7g cada um ), tapei a panela  e deixei ferver uma meia hora, depois passei com a varinha mágica, coei por um passador para tirar as sementes.Levei novamente ao fogo para apurar . Coloquei depois nos frascos e como sempre levei ao fogo cobertos de água para criar vácuo e não se estragar.

Aperitivos de tomate e pimentos

Como podem ver estes tomates são diferentes dos  normais, por dentro são amarelos com  um ligeiro tom rosado e não tem a acidez do tomate normal, por decidi fazer uma pasta para aperitivos mas salgada.
750g de tomate sem pele e sem sementes
750g de pimentos ( 250g de cada cor, amarelo, vermelho e verde)
2 alhos franceses
1 cebola grandinha
azeite q.b
óregãos
Parti a cebola e o alho francês bem miudinho e deitei o azeite numa frigideira grande que tenho com tampa , deite lá a cebola e o alho a cozer lentamente, de seguida deitei o tomate e os pimentos tapei e deixei apurar até estar mesmo bem apurado , juntei-lhe um pouco de sal e óregãos e  já está.
Fica delicioso com pão caseiro torrado ou com tostas. Por norma gosto de por em frascos as minhas conservas , depois colocar numa panela a ferver 10m para criar vácuo, mas já esgotei os frascos e tive que por nestas tacinhas
, mas com receio que se estrague vou  congelar.

Novas experiências - Compota de 3 pimentos

Este ano na minha horta tenho pimentos verdes, vermelhos e amarelos e como há tempos num casamento comi uma entrada muito boa  com pimentos , pensei em tentar fazer, um amigo deu-me uma receita de compota de pimentos mas eu fiz umas alterações e ficou divinal
1kg de pimentos ( usei mais ou menos   350g de  cada um partido aos bocadinhos
1/2 kg de açúcar
1 casca de limão
50ml de vinagre de sidra
300g de tomate amarelo, partido aos pedacinhos pequenos e sem sementes.
Parti os pimentos primeiro às tirinhas e depois parti aos quadradinhos, juntei-lhe meio kg de açúcar, uma casca de limão e os 50ml de vinagre de sidra.
Levei ao fogo no mínimo e deixei cozer, passado pouco tempo deu-me a sensação que a compota estava
muito seca , foi então que me lembrei de partir aos bocadinho o tomate depois de pelado e tirar as sementes.
Agora está uma delícia para servir de entrada , tanto pode ser servido em cima de uma fatia de queijo  brie, mas também fica bem numa tosta ou então levar uma baguete ao forno com queijo brie a derreter e depois é colocar a compota por cima

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Licor de pêssego


Ingredientes:
1 kg de Pêssegos amarelos, maduros e bonitos
1,250 g de açúcar
1 l de calda de pessego cozido
1l de aguardente
Modo de Fazer:
 - Limpe os pêssegos e retire a polpa do caroço.
 - Picar em pedaços bem pequenos.
 - Num vidro de boca larga, coloque os pêssegos junto com a aguardente
- Feche bem e deixe macerar por 10 dias.
 - Agite várias vezes por dia.
- Após os 10 dias, Coe em coador de pano.
esprema bem e guarde a massa de pêssego para fazer compota
Coza 3 ou 4 pessegos num 1,5l  de água com o açúcar  depois de bem cozidos os pessegos  passe com a varinha mágica  e coe por um pano branco limpinho
-Junte á aguardente  previamente coada  e deixe mais uns dias a macerar em frascos tapados.
 - Agite várias vezes por dia.
 - Engarrafe e vede a rolha
 Deixe em repouso por uns tempos

Compota de pessego

1 - Pegue a massa de pêssego que ficou no coador e acresce
nte água e açúcar.
2 - Leve ao fogo brando e mexa até ficar no ponto.
Fica uma delícia

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

O meu licor de fysalis já engarrafado.....

E a experiência terminou e confesso-vos de todos os licores que já fiz para mim é sem dúvida o melhor, acabei por aromatizar com hortelã da ribeira e ficou  uma delícia , agora é ficar
mais uns meses a apurar. A macerar com a aguardente tenho mais uns de figo e de pessego, veremos se superam estes.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Licor de fysalis


Desta vez a experiência foi tentar fazer licor de fysalis.
1º retirei as involucro aos fisalis
2º lavei-os e sequei-os bem com papel de cozinha
3º enchi dois frasco até meio com fisalis e deitei meio litro de aguardente m cada um.
4º Deixei a macerar durante uma semana
5º Passei tudo pela varinha mágica
6º Num l litro de água acrescentei mais uns quantos fisalis e 8oog de açúcar e deixei a ferver uns 20 minutos
7º. Passei tudo coma varinha mágica e juntei com a aguardente .
8º tenho agora dentro de novo nos frascos para repousar e depois engarrafar.
Estou agora com um dilema, pus num flor de anis em cada frasco, mas depois lembrei-me da hortelã da ribeira que tem um sabor tão fresco e decidi  retirar um pouco e deixar no frio, um com a hortelã e outro com anis a ver qual gosto mais. Depois direi......

Nova experiência - Tomate seco ao sol

Hoje veio-me à memória um tomate que a minha mãe costumava  fazer seco ao sol e decidi experimentar.
Infelizmente ela já não me pode  ensinar pois faleceu era eu bem jovem. Mas pesquisando na net, encontrei bastantes receitas e imagens de tomate seco e optei por um bem fácil. Daqui por uns dias já verei como fica.

1º Lavei bem os tomates e sequei-os com rolo de papel de cozinha
2º Parti em quatro ou mais partes consoante o tamanho, por ex o tomate coração de boi   cortei às rodelas. Retirei todas as sementes.
3ºForrei uma grade com papel de cozinha e coloquei o tomate de maneira a não tocar um no outro.
4º Polvilhei todos os tomates com orégão.
 5º Tapei com um tecido fino a grade para evitar as moscas ou possíveis folhas que possam cair.
6 e agora vão ficar na minha  varanda durante uns dias .
Depois pensarei como conservá-los........Se ficarem bem

sábado, 30 de agosto de 2014

Maçã em calda

Descasquei 1kg de maças vermelhas e parti aos pedaços pequeninos, pois gosto de juntar  à aveia quando faço para o pequeno almoço. Já tinha a calda de açúcar feita e fria. Depois  do frasco cheio de maçã deitei-lhe a calda suficiente tapei
e levei a cozer em banho Maria  15 m.  Desta vez juntei-lhe pau de canela e umas folhas de menta. Ando em experiências, as que melhor ficarem serão para repetir.

Geleia de maça e menta

 Como queria cozer 1Kg maças, aproveitei as cascas  os caroços para pôr a cozer com um bom punhado de menta. e 1litro e meio de água.
Deixei cozer bem e depois foi só coar a água. Para 1 litro de água juntei-lhe  0,5 kg de açúcar mais um raminho de menta e foi só deixar apurar....
Fica uma delícia.... Obrigada Rita pela sugestão

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Conserva de tomate à moda da Encar.

A Encar é uma amiga espanhola com quem costumo partilhar receitas e deu-me esta de conservar o tomate muito fácil.

, O tomate deve ser redondo, vermelhinho e rijo.
Põe-se uma panela com água a ferver e deitam-se lá os tomates que pretendemos pelar dando um ligeiro corte em cruz na parte de cima e deixa-se levantar fervura. Depois disto colocam-se os tomates num escorredor com uma bacia por baixo e deita-se por cima água bem gelada e até gelo. Com isto dás-se um choque térmico,
sai a pele quase de imediato e ficam rijos na mesma os tomates.
Entretanto põe-se a esterilizar durante 10 a 15 m os frascos onde se vai guardar o tomate que tem que ter obrigatoriamente a tampa metálica.
Depois  é só encher os frascos com o tomate pelado com a ajuda de uma colher de pau ou mesmo com os dedos vai-se empurrando suavemente para saírem as bolhas de ar e pormos o máximo possível de tomate.
Mas atenção não se pode encher até ao topo, deixar sempre uns 3cm antes do cimo do frasco. Depois é só
Tapar bem , colocar os frasco numa panela submersos em água e  tapa-se .deixando ferver uns 15 minutos. Deixam-se dentro da panela até esfriar. Dá para conservar todo o ano ou mais.
Nota: o primeiro frasco foi feito já  com choque térmico, pois foi u ma dica que me deram e ficam realmente mais rijos e as sementes  não saem tanto.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

O meu licor de cerejas

NO ano passado tentei fazer licor de cereja, Recordo que coloquei metade da garrafa com cerejas e depois terminei com aguardente bagaceira. fui agitando quase todos os dias,mas passados uns tempos  esqueci-me completamente de tal e só  hoje descobri, ao procurar as garrafas para colocar o licor de ameixa. As cerejas estavam verdes deitei-as fora, retirei a aguardente e como tinha cerejas em calda vermelha, retirei as as cerejas e à calda juntei meio  quilo de açúcar, Deixei ferver e   juntei-lhe depois de frio a aguardente  depois de coada. Em cada garrafa juntei-lhe as cerejas em calda e depois  enchi as garrafas. Como me sobrou um pouco coloquei no frigorífico e garanto-vos que está mesmo bom

O meu licor de ameixa


Ingredientes:
Ameixas
Aguardente
Lava bem, descasca as ameixas e retira-lhes o caroço.
Corta aos quartos e coloca num frasco que vede bem.
Coloca ameixas até 70 a 80%  da capacidade do frasco e acabar de encher com aguardente bagaceira. Deixar ficar num lugar escuro uns dois meses. Embrulhei em papel de jornal e deixei num lugar escuro. Quase todos os dias os agitava
Hoje  como já fazia 2 meses peguei num frasco que tinha de ameixa em calda,retirei a ameixa e aproveitei a calda, juntei-lhe 700g de açúcar e deixei ferver. Depois coei a aguardente das ameixas e juntei ao xarope. Em cada garrafa coloquei um ramo de menta, e deitei o licor. Agora é esperar mais uns  dias e está pronto a consumir.

Moamba de peixe

Com tanta curgete, beringelas , quiabos e até rama de batata doce na minha horta decidi no sábado passado fazer moamba de peixe.
Como só foi para mim, pois o meu marido não gosta fiz com uma cabeça grande de pescada que tinha guardada, já para este efeito.Parti  o peixe aos pedaços, salguei-o  reservando,
Entretanto fiz um refogado com cebola e tomate e deixe apurar um bocadinho no mínimo , juntei-lhe um pouco de bacalhau do mais fininho para substituir o peixe seco e fui partindo aos bocadinhos 1 curgete, 2 beringelas e 4 quiabos, lavei muito bem e juntei ao refogado .Nesta altura deitei um um pouco de óleo de palma ( pus pouco, pois o meu colestrol está alto) mas mesmo assim soube bem. Quando os legumes estavam praticamente cozidos passei por água o peixe, caso contrário iria ficar salgado, juntei lhe a rama de batata doce, um pouco de piripiri e deixei apurar.
Não fiz pirão , se não lá se ia a
dieta mas mesmo assim deu para matar saudades

Panadinhos crocantes

Hoje foi um dia que não larguei a cozinha toda a tarde, já estava tão cansada que não me apetecia fazer o jantar, tinha canja que me sobrou do almoço e como tínhamos lanchado, decidi nada fazer. Mas de repente lembrei-me duma receita que a minha amiga Encar me deu ontem que não resisti e fui fazê-la, fácil, fácil e muito saborosa. A canja acabou por ficar para amanhã.
 Então é assim:
 flores de curgete ou de abóbora
1 cerveja mini  (usei sagres)
 farinha até fazer um polme grossinho mas não muito.
sal q.b.
Depois é só por óleo a aquecer e passar as flores de curgete bem lavadinhas pelo polme e fritar. Deixa-se fritar lentamente para ficarem crocantes, Fiz uma salada e o jantar ficou pronto num instante.
Garanto-vos que ficam deliciosas até para uma entrada.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

A minha horta

Já vos tinha dito que este ano tenho uma pequenina horta, que me dá o maior dos prazeres ir visitar diariamente , há sempre algo de novo para colher, Vou mostra-vos o que trouxe hoje ....
 
Mais receitas na blogosfera
Procure receitas no
Quer ter receitas de bloggers no seu blog?